icons.title signature.placeholder Felipe Domingues e Daniel Marques
11/03/2014
15:51

A boa fase do atleta brasileiro do salto em distância, Mauro Vinícius da Silva, o "Duda", é indiscutível. Após a conquista do bicampeonato no Mundial Indoor da modalidade, em Sopot, na Polônia, o treinador de Duda, Aristides Junqueira, revelou que a meta para o campeonato não era a atingida, 8,28m, e sim uma mais de 20cm maior, 8,50m.

- Eu fui pra esse campeonato Mundial para o Duda saltar no mínimo 8,50m. Essa era a programação. Não chegamos nem próximo do que queríamos chegar, mas nossa tentativa deu certo. Agora, almejamos resultados muito melhores - afirmou Aristides, culpando as lesões sofridas por Duda antes do torneio pelo fato.

- Tive um problema físico, então a atenção voltou pra recuperação da lesão. Eu não tive como competir antes, não estava pronto e ganhei ritmo dentro do Mundial - completou Duda, durante coletiva realizada nesta terça-feira.

Duda recebeu uma premiação de seu patrocinador em forma de uma barra de ouro de 300 gramas e um cheque para compras em um supermercado por um ano. Após isso, o atleta relembrou a competição durante a entrevista, principalmente da angústia do último salto, do chinês Jinzhe Li , que ocorreu após Duda atingir a marca de 8,28m.

- Eu sabia que ele estava muito bem, competi com ele muitas vezes. Mas ali, ele ia pro tudo ou nada. As vezes, sob pressão a gente exagera, e ele exagerou. Acabou correndo muito pra frente e queimou o salto. Eu não vi a bandeira, mas meu amigo Michel Tornéus (sueco que foi 3º na prova) me disse: "é tua, quando ele está sob pressão ele não consegue acertar" - afirmou o atleta.

Agora, com as atenções voltadas para os Jogos Sul-Americanos do Chile e as competições internacionais da modalidade em 2014, Duda ainda guarda tempo para sonhar com os Jogos do Rio 2016 e colocar sua meta de treino.

- Tomara que tudo dê certo e, seguindo como as coisas estão hoje, provavelmente estaremos na Olimpíada. Pretendo treinar muito, principalmente a parte psicológica, pra quando chegar a hora de disputar a vaga, passar pela qualificação, chegar a uma final olímpica, e tudo isso em casa, eu esteja muito bem preparado - disse o atleta de 27 anos.

Evento reúne brasileiro bicampeão do salto e destaques olímpicos