icons.title signature.placeholder Bruno Braz
icons.title signature.placeholder Bruno Braz
27/07/2013
08:15

A torcida já estava com saudade. Após dois meses – ou oito rodadas – o Vasco voltará a atuar em São Januário neste sábado, às 18h30, contra o Criciúma, com transmissão em tempo real pelo LANCE!Net. A falta que o Caldeirão fazia aos cruz-maltinos se traduzirá na arquibancada, que deverá receber um bom público. O motivo, afinal, é justo, já que há 16 anos o Gigante da Colina não ficava tantas rodadas sem atuar em seu lar na Série A do Campeonato Brasileiro.

Outros quesitos também não faltarão para o torcedor prestigiar. O Vasco vem de uma vitória sobre o rival Fluminense, do anúncio de dois patrocinadores, da regularização dos salários e da contratação de dois reforços de peso: Fagner e Guiñazu. Como cereja do bolo, o rei Juninho reencontrará o estádio que já virou sua segunda casa.

Nos bastidores, há um consenso de que uma vitória é fundamental para chegar à metade de cima da tabela e para confirmar a boa fase, fortalecendo, assim, o elo entre o time e a torcida.

Pensando nisso, o departamento de marketing criou até mesmo uma campanha para atrair os vascaínos. Treinador da equipe, Dorival Júnior dimensionou um pouco a importância dos três pontos.

– Vascaínos, agora é o momento. Precisamos muito do seu apoio novamente. Contamos muito com a presença de todos para nos ajudar – disse Dorival ao ‘Vasco TV’.

As organizadas também andam se mobilizando e prometem uma festa com muitas bandeiras e bastante papel picado, relembrando os bons tempos de São Januário.

Presidente do Vasco, Roberto Dinamite diz que o momento agora é o de união:

– A participação da torcida é fundamental. Trabalhamos sério para conduzir o Vasco ao topo. Temos de estar unidos nesta hora.

A torcida já estava com saudade. Após dois meses – ou oito rodadas – o Vasco voltará a atuar em São Januário neste sábado, às 18h30, contra o Criciúma, com transmissão em tempo real pelo LANCE!Net. A falta que o Caldeirão fazia aos cruz-maltinos se traduzirá na arquibancada, que deverá receber um bom público. O motivo, afinal, é justo, já que há 16 anos o Gigante da Colina não ficava tantas rodadas sem atuar em seu lar na Série A do Campeonato Brasileiro.

Outros quesitos também não faltarão para o torcedor prestigiar. O Vasco vem de uma vitória sobre o rival Fluminense, do anúncio de dois patrocinadores, da regularização dos salários e da contratação de dois reforços de peso: Fagner e Guiñazu. Como cereja do bolo, o rei Juninho reencontrará o estádio que já virou sua segunda casa.

Nos bastidores, há um consenso de que uma vitória é fundamental para chegar à metade de cima da tabela e para confirmar a boa fase, fortalecendo, assim, o elo entre o time e a torcida.

Pensando nisso, o departamento de marketing criou até mesmo uma campanha para atrair os vascaínos. Treinador da equipe, Dorival Júnior dimensionou um pouco a importância dos três pontos.

– Vascaínos, agora é o momento. Precisamos muito do seu apoio novamente. Contamos muito com a presença de todos para nos ajudar – disse Dorival ao ‘Vasco TV’.

As organizadas também andam se mobilizando e prometem uma festa com muitas bandeiras e bastante papel picado, relembrando os bons tempos de São Januário.

Presidente do Vasco, Roberto Dinamite diz que o momento agora é o de união:

– A participação da torcida é fundamental. Trabalhamos sério para conduzir o Vasco ao topo. Temos de estar unidos nesta hora.