icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
24/11/2014
16:33

O Atlético-MG terá 1.854 ingressos para disponibilizar aos seus torcedores para a decisão da Copa do Brasil diante do Cruzeiro, nesta quarta-feira. Após uma nova vistoria no Mineirão, realizada nesta manhã de segunda-feira, a PM concluiu que o número de torcedores visitantes no clássico não irá mudar. Mesmo que o STJD tenha determinado os 10% dos bilhetes reservados ao time visitante, o Cruzeiro alega que mais de 40 mil ingressos já foram vendidos para a torcida celeste, o que inviabiliza o aumento na carga de torcedores do Galo, já que não haveria lugar para comportá-los.

Para possibilitar a entrada de cerca de seis mil torcedores do alvinegro no Mineirão, os atleticanos teriam que ficar em setores que também comportariam a torcida do Cruzeiro. Desta forma, acreditando não ser possível essa alternativa, o coronel Ricardo Machado, chefe do Batalhão de Eventos da Polícia Militar de Minas Gerais, confirmou, em entrevista coletiva realizada no Comando de Policiamento Especializado, confirmou os 1.854 ingressos destinados ao Atlético-MG.

MAIS:
> Árbitro com histórico polêmico será auxiliar no clássico

- Hoje de manhã o Cruzeiro nos disse que ainda tem 10 mil vagas. Mas ele já vendeu percentual de ingressos para setores diferentes e que poderia alocar torcedores (atleticanos) de forma pulverizada. Mas nós não teríamos condições de manter a segurança, já que não trabalhamos com formas desconcentradas de torcidas - comentou o Coronel.

A Polícia Militar de Minas Gerais manteve a estratégia de isolar ainda mais as torcidas de Cruzeiro e Atlético-MG nas cadeiras superiores do Mineirão. Diferente do último clássico realizado no estádio, as divisão entre as torcidas será ainda maior. Desta forma, os torcedores do alvinegro, conforme orientação da PM, serão alocados nos setores 302 e 303 das cadeiras superiores.