icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/11/2014
09:50

Claudio Ranieri não resistiu aos maus resultados à frente da seleção da Grécia. Na manhã deste sábado, o italiano se reuniu com o presidente da Federação Grega, George Sarris, para tratar da rescisão do contrato.

Ranieri substituiu Fernando Santos no comando da seleção helênica, após a disputa da Copa do Mundo. No entanto, a fraca campanha do país nas Eliminatórias da Euro 2016, na qual é a lanterna do Grupo F, acabou selando o destino do treinador. A demissão do italiano foi anunciada em um comunicado no site oficial da federação grega.

- Não restava outra alternativa a não ser encerrar o trabalho do treinador - disse o comunicado, um dia após a derrota para a 'nanica' Ilhas Faroe, que conquistou sua primeira vitória na história da competição.

Mesmo demitido, Ranieri terá a oportunidade de comandar a Grécia pela última vez na próxima terça-feira, em amistoso contra a Sérvia, que também não está bem nas Eliminatórias.