icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/11/2014
19:29

Em uma rodada dupla marcada pela chuva e pelo domínio da equipe Prati-Mico’s Racing com as vitórias de Júlio Campos e Antonio Pizzonia, quem mais teve a comemorar na décima etapa da Stock Car, neste sábado, em Tarumã (RS), foi Rubens Barrichello. Afinal, após chegar ao Rio Grande do Sul com meio ponto de desvantagem para Átila Abreu na luta pelo título, ele terminou o dia na liderança do campeonato, com 8,5 pontos na frente do agora segundo colocado Thiago Camilo.

Marcada para começar às 11h (de Brasília), a disputa quase foi adiada por conta da forte chuva. Com muita água na pista, pilotos e direção acharam melhor adiar o início. Só para se ter uma ideia, a corrida do Brasileiro de Turismo chegou a ser disputada antes da Stock Car, mas diversos acidentes fizeram a prova ser encerrada com apenas sete voltas. Um carro até colidiu com o carro de limpeza, mas nada grave aconteceu com o piloto e os comissários de pista.

Assim, depois de muita espera, a etapa só foi ter seu início às 16h. E com o safety car na pista.

Após largar na oitava posição, Júlio Campos adotou uma tática diferente de diversos pilotos quando a pista começou a ficar mais seca. Ele não entrou nos boxes para trocar os pneus e, assim, conseguiu sua primeira vitória na categoria.

Na prova seguinte, com pista molhada, Antonio Pizzonia largou na pole e ficou na ponta até o fim.

Barrichelo foi o nono na primeira prova e segundo na outra. Assim, chegou aos 170 pontos, contra 161,5 de Thiago Camilo e 155,5 de Átila Abreu. A próxima etapa será dia 14 de novembro, em Salvador.