icons.title signature.placeholder Caio Carrieri, Fabricio Crepaldi e Fellipe Lucena
26/11/2013
23:20

Gilson Kleina será o técnico do Palmeiras em 2014. Após uma longa reunião com a diretoria e os representantes do treinador, que começou no início da tarde desta terça-feira, ele deixou apalavrada a renovação do contrato por mais um ano e comandará o Verdão no ano do centenário do clube. O Alviverde confirmou o desfecho positivo da negociação por meio de seu site oficial.

A assinatura do novo vínculo está prevista para acontecer na tarde desta quarta-feira, na Academia de Futebol. O treinador e o presidente Paulo Nobre concederão entrevista coletiva por volta das 15h para falar sobre o acordo.

A longa reunião teve a presença de Nobre e José Carlos Brunoro, por parte do Palmeiras, além de Kleina e seus representantes. Segundo um conselheiro próximo ao mandatário, o treinador teve uma redução salarial para R$ 200 mil - ganha R$ 300 mil hoje -, mas pode chegar a receber até R$ 400 mil em caso de classificação para a Copa Libertadores da América, disputa de final ou conquista de títulos. Já o representante do técnico diz que o rendimento mensal foi mantido, e que foi estipulada multa rescisória em caso de rompimento do contrato.

- Discutimos composição salarial, que ficou o mesmo, a montagem do elenco e multa rescisória. Foi bom para as duas partas - disse ao LANCE!Net Anderson Suave, agente do comandante.

Contratado em setembro de 2012, Gilson Kleina comandou o Palmeiras em 81 partidas até agora, com 41 vitórias, 18 empates e 22 derrotas. Ele conquistou o título da Série B neste ano.