icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/07/2014
11:00

Mesmo não tendo punido Zúñiga pela entrada que tirou Neymar da Copa do Mundo, a Fifa terá que arcar com prejuízos financeiros por conta do lance. De acordo com o Programa de Proteção dos clubes, a entidade terá que pagar o salário-base do brasileiro ao Barcelona pelo tempo que ele ficar machucado após 28 dias da lesão ocorrida.

Isto significa que a partir do dia 2 de agosto, a Fifa será a responsável pelos vencimentos do atacante da Seleção Brasileira, que fraturou uma vértebra e deve ficar fora dos gramados por um período que deve ultrapassar as seis semanas. De acordo com o jornal espanhol "Marca", a Fifa deve ser obrigada a pagar cerca de 238 mil euros (R$ 718,8 mil), considerando que Neymar fique fora dos gramados por seis semanas.

Esse dinheiro vai para o Barcelona que deverá repassar ao brasileiro ao invés de tirar do próprio fundo o salário do jogador. Isso acontece porque Neymar sofreu sua lesão enquanto trabalhava para a Seleção Brasileira.