icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/11/2014
22:42

Passada a vitória do clássico diante do Santos, o volante Ralf retornou ao time titular após 11 partidas longe do Timão. O volante sofreu uma lesão no joelho e atuou os 90 minutos no confronto desta noite. O jogador reconheceu que fez uma boa partida e declarou que está 100% fisicamente.

- Estava com um problema de cartilagem que me prejudicou. Sei que 11 jogos não são 11 dias, só pude ajudar com uma palavra amiga, não participei da Copa do Brasil. Aguentei os 90 minutos nesta noite. - disse o camisa 5.

O corintiano ainda ressaltou a atuação do centroavante Guerrero. O peruano foi decisivo e acabou contribuindo a favor do Timão. O atleta lamentou o desfalque do atacante nos próximos jogos, já que ele defenderá a seleção peruana. No entanto, o jogador reiterou a importância do jogador para a equipe.

- Cobre um santo e descobre outro. A gente sabe que ele está indo para defender o país dele. A gente depende muito dele, mas claro que quem entrar vai dar conta do recado - afirmou o volante.

Ao ser questionado sobre a dívida milionária que o Corinthians tem, o volante desconversou sobre o assunto e "jogou" o impasse para os seus empresários. A dívida é estimada cerca de R$ 2 milhões de reais.

- Isso aí (dívida) eu deixo para os meus empresários resolverem, estou focado aqui. Sempre deixei claro meu desejo de permanência. Problema familiar e no trabalho todo mundo tem, eu sou ser humano e tenho minhas dívidas, minhas contas. A gente sabe que o Corinthians nunca teve problema com esse negócio de dívida, então deixo com meus empresários. Mas meu desejo é de ficar - encerrou.

Com o triunfo contra o Peixe, o Alvinegro Paulista é o quinto colocado na tabela, tendo somado 57 pontos. Já o Santos estaciona na oitava colocação, com 46 pontos.