icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes, Maurício Oliveira e Thiago Salata
14/06/2014
10:15

A invasão de um garoto ao campo 2 da Granja Comary e a tentativa de uma funkeira, que pulou a grade e foi contida por seguranças, antes da estreia na Copa do Mundo resultou em uma reunião entre funcionários da CBF e representantes dos condomínios anexos ao CT da Seleção Brasileira.

Depois de uma primeira semana tranquila, a quantidade de torcedores na grade de 1,5m que os separa aumentou e gerou as confusões. A reclamação é de que moradores deixaram listas com até 50 nomes para convidados, e a portaria perder o controle da entrada de pessoas.

– Ninguém sabe como aquelas funkeiras vieram parar aqui – afirmou um dos seguranças do condomínio.

(Zagueiro reserva Henrique atende torcedora na grade que separa a Granja de condomínio)

Há agora um limite de 10 convites por casa e um controle maior dos visitantes. Na última sexta, todos estavam com crachás. Ao menos nesta volta da Seleção à Granja, a quantidade de fãs foi menor com relação ao início da semana. Só reservas estiveram na caixa de areia, de manhã, além dos três goleiros: todos deram autógrafos sem problemas ao lado da cerca.

Neste sábado, às 10h30, está marcado um jogo-treino contra a sub-20 do Fluminense. A movimentação costuma ser maior em fins de semana e a expectativa é de que nada fuja do controle desta vez. O grupo viaja para Fortaleza no domingo de tarde, após um treino.