icons.title signature.placeholder Igor Siqueira
16/06/2014
12:30


O Maraca é deles? Argentinos tocam terror na... por LANCETV

Depois da invasão de torcedores argentinos no primeiro jogo do Maracanã na Copa-2014, o Comitê Organizador Local admitiu que a segurança do estádio, como um todo, precisa de mais atenção.

Apesar disso, o COL garantiu que os cerca de 30 invasores não conseguiram assistir à vitória sobre a Bósnia, neste domingo, e que nove deles foram encaminhados à polícia.

- Tivemos uma questão isolada de torcedores que invadiram o portão e eles foram detidos pelos stewards. Quem pulou o muro foi pego e encaminhado. O plano de contingencia funcionou bem. O steward tem poder de encaminhar a pessoa para a polícia e todo o procedimento foi feito. Após esse incidente, claro que reforçaremos a segurança - explicou o diretor de comunicação do COL, Saint-Clair Milesi.

A organização do Mundial ainda teve um debate para alinhar mais o trabalho da segurança nas arenas brasileiras.

- Ontem (domingo) tivemos uma reunião no nosso QG para fechar ainda mais a segurança privada dentro dos estádios. A festa linda só aconteceu porque todo mundo estava seguro - completou Milesi.

O COL considera que a invasão só aconteceu porque muitos torcedores sem ingresso conseguiram ficar circulando por horas ao redor do estádio, na tentativa de achar uma brecha para se aproveitarem. Portanto, o entendimento é uma falha nas barreiras mais distantes ao estádio, que, em tese, serve para permitir o acesso só a quem tem bilhetes.

INVASÕES E PREOCUPAÇÃO

Outros dois torcedores invadiram o Maracanã pela parte de baixo da lonas na entrada da área de imprensa. O LANCE!Net conversou com alguns seguranças do local e eles mostraram preocupação, caso isso venha se repetir, em larga escala, nos próximos jogos.