icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/06/2014
08:30

A intertemporada do Atlético-MG termina neste domingo, data em que a delegação alvinegra volta ao Brasil. Para o principal destaque e maior embaixador do Galo no exterior, no entanto, a convivência com os chineses ainda deverá continuar por pelo menos mais alguns dias. O craque Ronaldinho Gaúcho entrou em um acordo com a diretoria do Atlético e foi liberado para ficar na China após a intertemporada. O jogador fará participação em uma ação publicitária de uma empresa no país.

Ronaldinho fez a solicitação à diretoria do Galo através do irmão Assis. O jogador vai aproveitar que o restante do grupo terá três dias de folga após chegar ao Brasil, na próxima segunda-feira, e antes de voltar às atividades em Belo Horizonte, para ficar na China e ser o garoto-propaganda de uma empresa.

MAIS:
> Galo chega a Nanning, local do último amistoso na China
> Diário espanhol cita interesse do Monaco em Otamendi

Com o contrato até o final do ano, Ronaldinho Gaúcho teve seu nome ligado ao Zamalek, time do Egito. Recentemente, o presidente do clube, Mortada Mansour, alegou ter um acordo para contratar o craque. Questionado sobre a possibildade da saída do Galo, Eduardo Maluf, diretor de futebol do alvinegro, negou.

- É impressionante o prestígio que o Ronaldo tem no mundo, o Atlético é respeitado e o Ronaldo é sempre muito assediado. Não tivemos nenhuma proposta pelo jogador, ele tem contrato até dezembro e vai cumprir esse contrato - falou Maluf, em entrevista à Rádio Itatiaia.