icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/07/2013
12:51

O francês Cristophe Riblon venceu a 18ª etapa da Volta da França, entre Gap e Alpe d'HUez. Nesta quinta-feira, o cilista da equipe AG2R cruzou a linha de chegada sozinho após 4h51m32s e 172,5km de percurso.

Antes do início da etapa, o aniversariante Nelson Mandela foi o homenagiado - ele completou 95 anos. Uma bandeira com a imagem do ex-presidente da África do Sul e Prêmio Nobel da Paz de 1993 foi apresentada antes dos ciclistas largarem. Mandela está hospitalizado por conta de uma infecção pulmonar.

Na prova, o americano Tejay Van Garderen chegou a estar à frente, mas perdeu a ponta nos momentos finais para o francês e cruzou a linha de chegada apenas 59s depois do vencedor. O britânico Christopher Froome cruzou em sétimo, 3m18s atrás do líder do dia. Ele foi penalizado com 20s a mais em seu tempo por ter se alimentado de forma ilegal nos últimos 5km de prova.

Froome segue vestindo a camiseta amarela de líder da classificação geral, com tempo acumulado de 71h02m19s. Logo atrás, com 5m11s de atraso na contagem, está o espanhol Alberto Contador, que nesta quinta foi o 11º. O colombiano Quintana Rojas é o terceiro melhor colocado, com 21s de atraso para o espanhol.

O melhor sprinter, que veste a camiseta verde, segue sendo o esloveno Peter Sagan, que acumula 380 pontos de sprints, contra 278 do britânico Mark Cavendish. A camiseta branca com bolas vermelhas de melhor montanhista está com Quintana Rojas, que tem 97 pontos nas subidas. O melhor nas subidas, porém, é Chris Froome (104 pontos), mas ele já veste a camiseta amarela de melhor da prova.

Único brasileiro na Volta da França, Murilo Fischer encerrou em 107º nesta quinta. O ciclista da equipe FDJ é o 143º na classificação geral.

Nesta sexta-feira, acontecerá a 19ª etapa da Volta da França. Serão percorridos 204,5km entre Bourg-d'Oisans e Le Grand-Bornand. Restam apenas três etapas para que o vencedor da principal prova do ciclismo mundial seja conhecido.

O francês Cristophe Riblon venceu a 18ª etapa da Volta da França, entre Gap e Alpe d'HUez. Nesta quinta-feira, o cilista da equipe AG2R cruzou a linha de chegada sozinho após 4h51m32s e 172,5km de percurso.

Antes do início da etapa, o aniversariante Nelson Mandela foi o homenagiado - ele completou 95 anos. Uma bandeira com a imagem do ex-presidente da África do Sul e Prêmio Nobel da Paz de 1993 foi apresentada antes dos ciclistas largarem. Mandela está hospitalizado por conta de uma infecção pulmonar.

Na prova, o americano Tejay Van Garderen chegou a estar à frente, mas perdeu a ponta nos momentos finais para o francês e cruzou a linha de chegada apenas 59s depois do vencedor. O britânico Christopher Froome cruzou em sétimo, 3m18s atrás do líder do dia. Ele foi penalizado com 20s a mais em seu tempo por ter se alimentado de forma ilegal nos últimos 5km de prova.

Froome segue vestindo a camiseta amarela de líder da classificação geral, com tempo acumulado de 71h02m19s. Logo atrás, com 5m11s de atraso na contagem, está o espanhol Alberto Contador, que nesta quinta foi o 11º. O colombiano Quintana Rojas é o terceiro melhor colocado, com 21s de atraso para o espanhol.

O melhor sprinter, que veste a camiseta verde, segue sendo o esloveno Peter Sagan, que acumula 380 pontos de sprints, contra 278 do britânico Mark Cavendish. A camiseta branca com bolas vermelhas de melhor montanhista está com Quintana Rojas, que tem 97 pontos nas subidas. O melhor nas subidas, porém, é Chris Froome (104 pontos), mas ele já veste a camiseta amarela de melhor da prova.

Único brasileiro na Volta da França, Murilo Fischer encerrou em 107º nesta quinta. O ciclista da equipe FDJ é o 143º na classificação geral.

Nesta sexta-feira, acontecerá a 19ª etapa da Volta da França. Serão percorridos 204,5km entre Bourg-d'Oisans e Le Grand-Bornand. Restam apenas três etapas para que o vencedor da principal prova do ciclismo mundial seja conhecido.