icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/07/2014
18:24

A goleada sofrida pelo Flamengo por 4 a 0 diante do Inter, na tarde deste domingo, no Beira-Rio, complicou ainda mais a situação do clube no Campeonato Brasileiro. Com apenas sete pontos na competição, o Rubro-Negro é o lanterna do Brasileiro e está ha oito jogos sem vencer, sete destes sob os comandos de Ney Franco.

Para o capitão Léo Moura, a situação da equipe é bem complicada, entratanto, jogar com um a menos foi um dos fatores cruciais para o placar elástico no Beira-Rio. Contudo, o camisa 2 espera uma mudança de postura da equipe para sair dessa incômoda situação.

- Jogar com um homem a menos é difícil. Completo é difícil, mas depois com um a menos fica difícil. Não é hora de pensar em mudanças radicais. Tem que mudar a postura e jogar diferente. Desse jeito que está não vai adiantar. É desconfortável ficar nessa posição, e o Flamengo não pode, de maneira nenhuma, estar onde está. Permitimos isso e temos que sair juntos - afirmou o capitão rubro-negro.

Após a derrota, o Rubro-Negro retorna ao Rio de Janeiro na manhã desta segunda-feira, no Galeão. Os jogadores voltam aos treinamentos na terça-feira pela manhã para dar sequência aos treinamentos para o clássico com o Botafogo, domingo que vem, no Maracanã.