icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/11/2013
09:30

A torcida do Grêmio tem um novo "xodó". Trata-se do meia Maxi Rodríguez, autor dos dois gols da vitória sobre o Flamengo e que já havia feito também um golaço contra o Criciúma, algumas rodadas atrás. O uruguaio, porém, ainda está em fase de adaptação a Porto Alegre e garante que pode dar mais alegrias ao clube gaúcho no próximo ano.

O discurso é semelhante ao do técnico Renato Gaúcho, que afirma que ele ainda não está pronto para começar jogando uma partida e que precisa ser mais competitivo. Contratado em maio deste ano, Maxi pouco pode jogar, por conta do excesso de estrangeiros no clube - Barcos, Vargas e Riveros estão à frente do garoto de 23 anos na hierarquia.

- Ainda falta um pouco ainda, posso dar mais no Grêmio ainda. Vou trabalhar para dar o melhor possível - disse, ainda com poucas palavras, na Arena.

Nas arquibancadas, os gremistas já começam os pedidos para que o meia seja titular. O técnico diz que o Tricolor fez um trabalho especial com o uruguaio, que já ganhou mais de três quilos, e que ele irá brilhar em 2014.

- Tem anos de téncico e sabe o que fala. tem que aproveitar que ele é um grande treinador. Estou tranquilo, sempre quero fazer o melhor para o Grêmio, que é o mais importante. O Renato que decide quem jogará. Tinha academia no meu clube, mas não sou de fazer muito. Tem que escutar ao treinador. Agora é trabalhar meu físico, que é muito importante. Sim, aqui tem jogadores muito forte, tem que trabalhar muito para ficar melhor - destacou o jogador.