icons.title signature.placeholder Daniel Hippertt
10/03/2014
18:00

Clássico nos acréscimos do segundo tempo. O Goiás perdia os 12 jogos de invencibilidade no Campeonato Goiano para o Atlético-GO. Quando as esperanças já estavam escassas, pênalti a favor do Esmeraldino, aos 46 minutos. O lateral-esquerdo Lima chamou a responsabilidade, bateu e converteu. Em entrevista ao LANCE!Net, o atleta, emprestado pelo Botafogo, comentou sobre a importância do gol marcado no último domingo, disse que ainda acompanha o Glorioso, e agora espera seguir os passos de Walter, com quem jogou nos tempos de base no Internacional - o atacante, hoje no Fluminense, utilizou a equipe do Centro-Oeste como trampolim na carreira.

-  Foi uma sensação muito boa ajudar a equipe e manter a invencibilidade. Clássico é clássico em qualquer lugar. A rivalidade não muda - revelou Lima ao L!Net

Perguntado sobre a participação do Alvinegro carioca na Copa Libertadores - que joga nesta quarta, diante do Independiente del Valle (EQU) -, Lima não escondeu a torcida pelos companheiros, mas garante que o fato de estar no Goiás neste momento foi uma ótima oportunidade.

- Acompanho todos os jogos da Libertadores. Tenho amigos lá, estou torcendo muito. Pelo tempo que eu vivi no Botafogo, sei que o grupo merece. Mas estou concentrado em buscar os objetivos aqui. É uma ótima chance para ser titular e ter uma sequência, que é tudo no futebol - disse.

Sobre uma potencial volta ao Glorioso no futuro, o lateral-esquerdo adota uma postura cautelosa. Lima prefere dar um passo de cada vez na carreira. No momento, ele garante que a cabeça está no Esmeraldino.

- Não posso prever as coisas. O futuro a Deus pertence - finalizou.