icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/06/2014
21:04

Os jogadores do Corinthians tiveram um dia de folga neste domingo, mas se reapresentaram à noite no Parque São Jorge e têm chegada prevista ao Hotel Fazenda Amoreiras, em Extrema (MG), entre 21h30 e 22h. O ônibus do clube partiu com os mesmos jogadores que estão realizando período de treinos na cidade desde a última terça-feira. O zagueiro Anderson Martins, que é aguardado como reforço, ainda não foi integrado à delegação.

O "bate-volta" em São Paulo foi curto, e só foi autorizado pelo técnico Mano Menezes e sua comissão técnica tendo em vista que Extrema é distante apenas 110 km da capital paulista. Como era só por um dia, alguns funcionários nem retornaram com a delegação, e permaneceram concentrados no hotel-fazenda, que é afastado do centro da cidade de cerca de 30 mil habitantes.

A rotina de treinamentos foi iniciada na terça-feira, dia seguinte à chegada dos jogadores em Extrema, e seguiu com dois períodos de atividades até o sábado, intercalando trabalhos em uma academia no centro da cidade e o campo do hotel. No sábado à noite, o grupo retornou a São Paulo para aproveitar as poucas horas de folga, mas o trabalho já volta ao normal nesta segunda-feira, logo cedo.

O Corinthians treina em Extrema porque o CT Joaquim Grava está em uso pela seleção do Irã, que está em terceiro lugar no Grupo F da Copa do Mundo e ainda tem chances de classificação às oitavas de final - isso se vencer a eliminada Bósnia e a Nigéria não somar pontos contra a Argentina. O Irã joga na quarta-feira, e a expectativa do Timão é que o seu local de treinamentos já esteja livre no dia seguinte, quando encerra o período de treinos em Extrema.