icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/07/2014
23:23

Acionado na vaga de Jorge Eduardo aos 31 minutos do segundo tempo, o atacante Geuvânio deixou sua marca nove minutos depois, mas não evitou o segundo gol do time do Londrina, marcado já aos 45. Com os 2 a 1, o time paranaense saiu na frente do Peixe na terceira fase da Copa do Brasil.

Reserva do time de suplentes escalado por Oswaldo de Oliveira para a partida desta quinta-feira, o camisa 10 não acredita que tenha sido um gol para marcar sua redenção, e optou por lamentar a derrota no Estádio do Café.

– Meu gol não vai fazer diferença nenhuma. Não sei dizer nada agora, nada. O que queria eram os três pontos, não fiz nada mais que minha obrigação. Não tem essa de redenção, de nada. Eu queria ganhar - comentou o jogador, demostrando irritação.

Como na Copa do Brasil não há disputa por três pontos, o Peixe terá duas semanas para se preparar para o jogo de volta e tentar avançar às oitavas de final do torneio. O próximo compromisso está marcado para dia 14, também às 21h, na Vila Belmiro.