icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
20/11/2014
17:33

Lanterna do Campeonato Brasileiro e com a queda para a Série B do Campeonato Brasileiro praticamente decretada, a diretoria do Criciúma anunciou na tarde desta quinta-feira a demissão do técnico Toninho Cecílio e do meia-atacante Paulo Baier. Além deles, outros 12 jogadores foram dispensados pelos dirigentes do Tigre. São eles: Galatto, Luis Felipe, Cortez, Gualberto, Eli Sabiá, Martinez, Rodrigo Souza, Roger Gaúcho, Serginho, Rafael Costa, Higor e Souza.

Para a partida da equipe catarinense neste fim de semana, contra o Flamengo, pela 36ª rodada do Brasileirão, o técnico dos juniores, Luizinho Vieira, comandará o time no Maranhão.

Em sua segunda passagem pelo clube, Paulo Baier, de 40 anos, é o maior artilheiro do Campeonato Brasileiro da era dos pontos corridos com 106 gols. Mas nem mesmo esta história o segurou neste momento conturbado por que passa o Tigre.

- Mudanças até impacto e choque. Vim dar esclarecimentos de acordo acontecimentos. Claudio se afastando do departamento de futebol. A nível de diretoria anunciamos mudanças. Afastamos o Toninho e o preparador físico e liberamos atletas para os três jogos restantes. Todos liberados para férias. São 13 atletas que pertencem ao clube ou emprestados - anunciou o diretor executivo de futebol do Criciúma, Raimundo Queiroz, comentando sobre a escolha do novo técnico:

- O novo treinador, só depois do campeonato. Vamos ver o que será feito. Após o final do campeonato a gente faz uma nova avaliação e ver quem pode ficar no grupo, quem vai permanecer entres os juniores, quais atletas serão emprestados e liberados.

A lista de liberados conta com seis jogadores que estavam emprestados ao Criciúma. São eles: Luis Felipe (Benfica), Cortez (São Paulo), Rodrigo Souza (Cruzeiro), Serginho (Atlético-MG), Roger Gaúcho (Oeste) e Higor (Fluminense). O destino do sexteto na próxima temporada é, a partir de agora, de responsabilidade dos clubes citados. De todos, quem estava há mais tempo no clube era Serginho, cedido pelo Galo ao Tigre desde o fim de maio do ano passado.