icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/06/2014
19:51

O técnico Bernardinho voltou a reconhecer o mau momento da Seleção Brasileira de Vôlei ao fim da derrota por 3 a 1 para a Polônia, em Cracóvia, nesta sexta-feira. Após o sexto revés de sua equipe na Liga Mundial, o comandante admitiu que o oponente, bem como da Itália, está um degrau acima na competição.

– A Polônia e a Itália são melhores do que nós. Temos de ser humildes e aprender com nossos erros. Não podemos perder a concentração e o foco depois de um cometer um erro. Precisamos fazer o nosso melhor no futuro – avaliou o comandante.

O próximo compromisso da Seleção é neste domingo, novamente contra os poloneses, às 14h30 (de Brasília). Até lá, os jogadores esperam esfriar a cabeça. O ponteiro Lucarelli, maior destaque do Brasil no duelo, com 15 acertos, lamentou a quantidade de erros do Brasil na derrota: foram 34, contra 25 do rival.

– O resultado não era o esperado. Estávamos muito concentrados para esse jogo, treinamos bem durante toda a semana, mas, infelizmente, erramos mais do que o adversário e não conseguimos a vitória que tanto queríamos – disse o jogador.

Com oito pontos, o Brasil passou a ser o lanterna do Grupo A, já que o Irã venceu a Itália, foi para dez e subiu para a terceira colocação. A Polônia, com 11, está em segundo, enquanto os italianos seguem com 19. Vale lembrar que Polônia e Irã têm um jogo a menos que Brasil e Itália.