icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/11/2014
00:06

Após o apito final que pode ter selado o rebaixamento do Bahia no Campeonato Brasileiro de 2014, o meia Galhardo e o atacante Willian Barbio falaram sobre a derrota para o Atlético-PR, por 1 a 0, neste sábado, na Fonte Nova.

Para Galhardo, um dos melhores pelo lado do Bahia, o time tentou de todas as formas, porém não obteve sucesso. Abatido, o atleta, ex-Flamengo, pediu desculpas à torcida tricolor.

- Difícil dizer alguma coisa em um momento desses. Precisavamos do resultado, mas, infelizmente, não conseguimos. Tentamos, tentamos, mas, a única coisa que podemos fazer é pedir desculpas à torcida. Que isso sirva de lição - disse, cabisbaixo, Galhardo

Já Willian Barbio, que entrou no meio do segundo tempo e deu mais contundência ao Esquadrão de Aço, comentou sobre o lance de pênalti não assinalado pelo árbitro André Luiz Castro. Segundo o atacante, os jogadores apresentaram luta, os torcedores compareceram, mas a arbitragem prejudicou o Tricolor.

- Complicado. Tentamos fazer nosso máximo. Nossa torcida veio, nossos jogadores lutaram e, em lances claros e bobos, cinco juízes - contando com os dois auxiliares e os dois adicionais - não conseguem enxergar um pênalti claro. Agora, temos que trabalhar. Pedimos desculpas à torcida e vamos buscar os resultados que faltam - encerrou Barbio.