icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/07/2013
10:45

O goleiro Victor já venceu a Copa do Brasil e quase disputou uma Copa do Mundo pela Seleção Brasileira, mas nunca chegou tão perto de uma glória eterna como pode ser a conquista da Libertadores pelo Atlético-MG. Por isso, mesmo gravando seu nome na edição atual do torneio com defesas milagrosas, o camisa 1 projeta mesmo é o título.

- É especial e único na carreira, mas quero mais, quero ser campeão, quero a Libertadores e dar alegria ao atleticano, que é um torcedor que nos apoia e merece a conquista. Fico feliz com o que foi feito até agora, mas quero essa conquista para corar ainda mais o meu e o trabalho de todo mundo no Atlético-MG - afirmou o jogador, à ESPN Brasil.

Victor foi o responsável por impedir a eliminação do Galo no jogo contra o Tijuana (MEX), quando defendeu, nos últimos segundos de jogo, um pênalti de Riascos que selaria a eliminação do Atlético. Outro lance memorável de São Victor foi a defesa de pênalti de Maxi Rodríguez, na vitória contra o Newell's Old Boys.

O goleiro Victor já venceu a Copa do Brasil e quase disputou uma Copa do Mundo pela Seleção Brasileira, mas nunca chegou tão perto de uma glória eterna como pode ser a conquista da Libertadores pelo Atlético-MG. Por isso, mesmo gravando seu nome na edição atual do torneio com defesas milagrosas, o camisa 1 projeta mesmo é o título.

- É especial e único na carreira, mas quero mais, quero ser campeão, quero a Libertadores e dar alegria ao atleticano, que é um torcedor que nos apoia e merece a conquista. Fico feliz com o que foi feito até agora, mas quero essa conquista para corar ainda mais o meu e o trabalho de todo mundo no Atlético-MG - afirmou o jogador, à ESPN Brasil.

Victor foi o responsável por impedir a eliminação do Galo no jogo contra o Tijuana (MEX), quando defendeu, nos últimos segundos de jogo, um pênalti de Riascos que selaria a eliminação do Atlético. Outro lance memorável de São Victor foi a defesa de pênalti de Maxi Rodríguez, na vitória contra o Newell's Old Boys.