icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/11/2013
08:02

Logo após a conquista do título brasileiro pelo Cruzeiro, Dedé, mesmo ainda bastante eufórico, não esqueceu do Vasco e declarou que, agora, passaria a torcer como “fanático” pela permanência na Série A. Mas será que no sábado, justamente quando os clubes se enfrentam, o Mito vai estar vestindo azul, dentro de campo, ou com a cruz de malta no peito, na torcida, bem distante das quatro linhas? Dedé está entre a cruz e a espada.

Jogar ou torcer? Talvez nem o próprio zagueiro, que sempre foi fominha, queira estar em campo desta vez. E, segundo apuração do LANCE!Net, ele tem grande chance de ser um dos poupados, apesar de Marcelo Oliveira, técnico da Raposa, ter acenado com a possibilidade de escalar titulares no confronto de sábado.

Após o jogo contra a Ponte Preta, no domingo, o grupo cruzeirense ganhou dois dias de folga. Ou seja, vai se reapresentar somente hoje, quando Marcelo Oliveira começará a dar indícios de qual time vai mandar a campo contra o Vasco. Apesar de ter conquistado um importante título pelo Cruzeiro, Dedé ainda tem forte ligação com o Vasco e mantém contatos com funcionários e atletas da equipe até hoje.

Mesmo antes de ter declarado que torceria pelo Vasco, após conquista do título, Dedé já havia utilizado as redes sociais para mandar apoio ao time em alguns jogos decisivos. Por falar nisso, em toda postagem de Dedé na internet, seja até para falar do próprio Cruzeiro, o jogador recebe uma chuva de mensagens de vascaínos, pedindo seu retorno.

Mas no sábado, ninguém quer ver o ídolo em campo, não é? Vale lembrar que o Mito não tinha desejo de deixar a Colina e só aceitou a transferência para o Cruzeiro para que o Vasco tivesse dinheiro para pagar salários atrasados dos funcionários. Deixou até escapar algumas lágrimas na coletiva de despedida.