icons.title signature.placeholder Joana Bueno
19/12/2013
20:35

Um dos reservas que participaram do primeiro treino do Atlético-MG após a derrota por 3 a 1 para o Raja Casablanca (MAR), na semifinal do Mundial de Clubes, o zagueiro Gilberto Silva afirmou, nesta quinta-feira, que a equipe ainda busca forças para se reerguer:

- Ainda não deu pra absorver. É uma decepção muito grande, uma frustração muito grande por parte de todos. Agora, é encarar, pois hoje (quarta-feira) é outro dia. Temos de vir aqui, fazer nosso treino, porque sábado teremos outro jogo (contra o chinês Guangzhou Evergrande).

O defensor disse que a motivação para vencer o Guangzhou na disputa do terceiro lugar é questão de honra:

- Somos profissionais. Estamos aqui por méritos próprios, pelo que nós fizemos, independentemente da frustração. É bola pra frente e fazermos o melhor nos dias restantes que temos por aqui.

Assim como outros jogadores do Galo, Gilberto Silva diz que a eliminação prematura não significa mudanças drásticas:

- Tivemos o ano todo pra nos preparar. Não temos que, agora, pensar se a nossa preparação foi correta ou não. Após a libertadores tivemos aí cinco, quase seis meses de Brasileiro para nos prepararmos da melhor forma possível . Temos que pensar que tivemos uma péssima noite, não aproveitamos a oportunidade que tivemos e a equipe deles aproveitou.