icons.title signature.placeholder Bruno Braz e Rodrigo Ciantar
04/11/2013
21:19

Após ficar na “baba” e não ser relacionado para a partida contra o Coritiba, sábado, em Macaé, André voltou na tarde desta segunda-feira a treinar com o grupo. Mas o castigo recente serviu como um ultimato. A diretoria deu uma última chance, mas não quer mais saber de qualquer outro ato de indisciplina dele ou de outros atletas do grupo nesta reta final.

André já havia sido enquadrado pelos dirigentes por excesso na noite carioca. De lá para cá, parou de ser visto em eventos pelo Rio. Mas chegou atrasado ao treino da semana passada, justamente nos primeiros dias de Adilson Batista no clube, e foi cortado. Não deixou boa impressão com o novo comandante.

Desta vez, não houve nenhuma conversa “formal”, mas o afastamento serviu de aviso. Como mostrado pelo LANCE!Net nesta segunda-feira, o grupo se uniu para esse jogo contra o Coritiba. Com isso, André e Rafael Vaz, que também voltou a treinar com o elenco, perderam ainda mais espaço.

Um novo tropeço poderia acarretar em afastamento. Mesmo assim, internamente já há quem garanta que a dupla dificilmente será utilizada por Adilson Batista nesta reta final de Campeonato Brasileiro.