icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/07/2013
16:26

Na tarde em que apresentou o atacante Willian como novo reforço do clube, o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, também foi aos microfones para falar sobre outros possíveis reforços do time mineiro nesta atual temporada. Em coletiva de imprensa na Toca da Raposa, Gilvan deixou claro que o Cruzeiro não tem a intenção de vender nem contratar mais nenhum outro atleta.

- O plantel nosso é esse. Não temos o menor interesse de vender ninguém. Existiram sondagens, até porque o Cruzeiro contratou jogadores de grande nível. A janela de transferência internacional fecha em menos de 24 horas. E tem jogadores no Brasil que já atuaram um número de partidas que os impedem de jogar pelo Cruzeiro. Então é bom colocar isso na imprensa para não gerar falsas expectativas para o torcedor - disse o presidente da Raposa.

Um dos nomes especulados para reforçar o clube foi o do atacante Fred, atualmente no Fluminense, e que possui uma passagem de sucesso pelo clube, tornando-se ídolo da China azul. O nome de Paulo Henrique Ganso, do São Paulo, também foi comentado, mas, assim como o de Fred, foi negado por Gilvan.

- A gente tem que raciocinar dentro da realidade. O Fluminense não aceita vender o Fred e o São Paulo não colocou o Ganso à venda. Também tem o regulamento que não permite mais jogos por competição - afirmou Gilvan, antes de completar, rechaçando também, o interesse do clube em jogadores como o atacante argentino Ignacio Scocco:

- Existe especulação de atletas virem para o Cruzeiro, que é o caso de atletas que disputaram e ficaram em evidência na Libertadores. Não houve sondagem. Não fomos atrás e nem estamos objetivando trazer nenhum deles. Fomos o clube brasileiro que investiu mais e melhor dentre os clubes. Vários clubes têm dificuldade de repor os plantéis. Chegamos cedo e formamos uma equipe que disputa títulos - concluiu.

Na tarde em que apresentou o atacante Willian como novo reforço do clube, o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, também foi aos microfones para falar sobre outros possíveis reforços do time mineiro nesta atual temporada. Em coletiva de imprensa na Toca da Raposa, Gilvan deixou claro que o Cruzeiro não tem a intenção de vender nem contratar mais nenhum outro atleta.

- O plantel nosso é esse. Não temos o menor interesse de vender ninguém. Existiram sondagens, até porque o Cruzeiro contratou jogadores de grande nível. A janela de transferência internacional fecha em menos de 24 horas. E tem jogadores no Brasil que já atuaram um número de partidas que os impedem de jogar pelo Cruzeiro. Então é bom colocar isso na imprensa para não gerar falsas expectativas para o torcedor - disse o presidente da Raposa.

Um dos nomes especulados para reforçar o clube foi o do atacante Fred, atualmente no Fluminense, e que possui uma passagem de sucesso pelo clube, tornando-se ídolo da China azul. O nome de Paulo Henrique Ganso, do São Paulo, também foi comentado, mas, assim como o de Fred, foi negado por Gilvan.

- A gente tem que raciocinar dentro da realidade. O Fluminense não aceita vender o Fred e o São Paulo não colocou o Ganso à venda. Também tem o regulamento que não permite mais jogos por competição - afirmou Gilvan, antes de completar, rechaçando também, o interesse do clube em jogadores como o atacante argentino Ignacio Scocco:

- Existe especulação de atletas virem para o Cruzeiro, que é o caso de atletas que disputaram e ficaram em evidência na Libertadores. Não houve sondagem. Não fomos atrás e nem estamos objetivando trazer nenhum deles. Fomos o clube brasileiro que investiu mais e melhor dentre os clubes. Vários clubes têm dificuldade de repor os plantéis. Chegamos cedo e formamos uma equipe que disputa títulos - concluiu.