icons.title signature.placeholder Alexandre Araújo
19/06/2014
12:44

No mundo do futebol, dizem que o goleiro é uma posição que precisa de ritmo. Porém, isso não parece afetar Diogo Silva. Titular desde a convocação de Martín Silva para a Seleção do Uruguai, o camisa 12 do Vasco, após bons jogos, vê lado positivo na paralisação para a Copa do Mundo. Ele ressalta ainda a importância da vitória cruz-maltina sobre o Boa, último jogo antes da parada da Série B do Brasileiro, na briga pelo acesso à elite do futebol nacional.

- Quanto mais você joga, mais confiança vai ganhando, mas a parada foi muito boa, muito importante, ainda mais pela vitória no último jogo, que nos deixou a três pontos do G4, tendo um jogo a menos. Parada foi boa por causa disso. Tivemos uma sequência de empate e isso nos afetou um pouco na briga por uma vaga no G4 . Para mim, a parada foi boa, ter um período maior de preparação. Maior do que o que tivemos no início do ano. Desta vez, serão 21 dias - disse Diogo, que lembrou:

E MAIS
- Novo reforço do Vasco, Kléber é apresentado em São Januário

- Ano passado tivemos sequências boas também. Isso se deve também ao Carlos Germano (preparador de goleiro), Adilson (Batista, treinador), que passam confiança. Isso é muito importante.

Diogo viu ainda o carinho da torcida aumentar depois de ele ter ido bem na ausência de Martín:

- Já existiam alguns torcedores que me apoiavam e, a partir destas partidas, este número aumentou. Quero continuar trabalhando para conquistar a todos.