icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/04/2014
15:02

O ano que parecia iniciar bem para a Red Bull, com o terceiro lugar de Daniel Ricciardo na prova de abertura da temporada, na Austrália, chegou ao fim. O piloto que, ao final da prova, foi punido por exceder o limite de combustível permitido (100kg), perdeu a apelação no tribunal da FIA.

- Estamos desapontados com o resultado e não teríamos apelado se não pensássemos ter um caso muito forte - disse a Red Bull, aceitando a derrota.

Daniel Ricciardo havia terminado a prova em Melbourne na segunda colocação e, com a punição, foi desclassificado. Caso não tivesse sido punido, Ricciardo ocuparia a terceira colocação no mundial de pilotos e, a Red Bull, o segundo lugar nos construtores.

No entanto, hoje, Daniel é somente o décimo colocado, com 12 pontos (Rosberg lidera com 61), e a Red Bull é quarta nos construtores, com 35 pontos (Mercedes está na ponta com 111).

- Sentimos muito que Daniel não receberá os 18 pontos da etapa, que nós temos certeza que ele mereceu. Continuaremos a trabalhar forte para atrair o máximo de pontos possíveis ao time, Daniel e Sebastian, ao longo do ano - completou a Red Bull, em seu comunicado oficial.