icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
09/12/2013
17:11

Após sofrer um corte na mão direita em um acidente no hotel em que a Seleção Brasileira está hospedada, a goleira Mayssa está confirmada na partida desta terça-feira contra a Sérvia. Ela fará uso de um molde confeccionado pelo médico da delegação brasileira, Leandro Gregorut. Os dois atenderam a imprensa após o treino da tarde desta segunda-feira, em um colégio na cidade de Nis (SER), sede do Grupo B do Mundial.

Ainda nesta segunda, a comissão técnica optou por poupar a mão direita de Mayssa durante a prática. O membro foi amarrado no treino, para que ela não sofresse nenhum tipo de impacto por conta das boladas das outras jogadoras - algo muito comum no handebol.

- A Mayssa teve um corte de 3cm, mais ou menos, na mão direita. Não é um corte profundo, dava para tratar superficialmente, mas eu preferi tratar e fazer os pontos. Desta forma, a gente tem a cicatrização mais rápida. Com a proteção que faremos, ela poderia jogar em até 48 horas, sem risco de infecção, sem chance de ter um problema maior - disse o médico.

Mayssa levou cinco pontos na mão. Com a proteção que será feita pelo médico da Seleção, ela poderá sofrer impactos normalmente já na partida desta terça, que ocorrerá às 15h (de Brasília). Ainda assustada com o acontecido, ela se disse aliviada por não ter sido algo mais grave.

- Eu fiquei assustada por se tratar de uma louça. Um corte assim é algo muito perigoso. Pensei que tivesse acontecido algo a mais, mas foi apenas o corte mesmo. Estou bem, foi apenas o susto - disse a atleta.