icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/12/2013
08:00

Depois do luto pelo acidente da última quarta-feira, quando dois operários morreram, as obras da Arena Corinthians estão sendo retomadas nesta segunda-feira, pela manhã. De acordo com a Odebrecht, construtora responsável, cerca de 1300 funcionários voltam para Itaquera.

Vale lembrar que 30% da área leste, que representa 5% do total do estádio, está interditado desde a tragédia. Um guindaste que içava uma peça da cobertura, que pesava cerca de 420 toneladas, cedeu e desabou, atingindo parte das cadeiras norte e o painel de LED. Os operários Fábio Luiz Pereira e Ronaldo Oliveira dos Santos foram vítimas fatais.

A Defesa Civil trabalha com três hipóteses: falha humana, problema mecânico na máquina ou instabilidade no terreno. Peça-chave nas investigações do acidente, o operador do guindaste, José Walter Joaquim, de 56 anos, prestará depoimento nesta quinta-feira.

De acordo com o jornal "Folha de S.Paulo", algumas peças do guindaste se encontravam desgastadas, segundo peritos do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Técnico-Científica de São Paulo.