icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/12/2013
17:34

Confome noticiou o LANCE!Net, na última quarta-feira, o meia Carlos Alberto foi liberado para voltar ao futebol pela Corte Arbitral do Esporte (CAS), que anulou o doping pelo qual foi denunciado. O jogador, de 29 anos, comemorou a decisão e destacou que a justiça foi feita.

"É difícil descrever o que senti quando recebi o documento do CAS dizendo que a suspensão estava anulada, já que passei esse tempo todo sendo injustiçado. Quem me conhece sabe como sempre me cuidei e nunca iria utilizar qualquer artifício para me beneficiar no futebol. Graças a Deus a justiça foi feita e estou livre para definir meu futuro. Tive minha carreira prejudicada durante esse período suspenso e vou definir com minha advogada (Luciana Lopes) de que forma podemos buscar uma reparação. Foi complicado ser acusado e julgado por algo que não fiz. Mas mantive a convicção de que a verdade viria à tona. Agora vou correr atrás do tempo perdido e quero começar 2014 voando. Em breve, espero poder  anunciar meu futuro clube", declarou o jogador.

Ainda pelo Vasco, o meia foi flagrado no exame antidoping no dia 2 de março de 2013, após a partida contra o Fluminense válida pelas semifinais da Taça Guanabara. Foram encontradas as substâncias probidas Hidroclorotiazida e Carboxi-Tamoxifeno.

Luciana Lopes, advogada do atleta, entrou com recurso no CAS contra a CBF e a Fifa depois que o jogador foi condenado em agosto pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) a uma pena que iria até maio do ano que vem. A CBF comunicou que não tinha interesse no processo, já a Fifa entendeu que não houve nenhuma violação por parte do jogador.

Desde 2 de agosto de 2013, quando seu contrato com o Vasco se encerrou, Carlos Alberto está sem clube. O meia chegou a treinar por algum tempo no Bangu e agora realiza exercícios em uma academia para manter a forma.