icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes, Felipe Bolguese, Maurício Oliveira, Rodrigo Vessoni e Thiago Salata
09/07/2014
09:38

Um dos líderes da Seleção, Julio Cesar tratou de blindar o grupo, especialmente os mais jovens, após a goleada histórica imposta pela Alemanha, terça-feira, no Mineirão. A despeito da campanha irregular e dos problemas do time até a semifinal no Mineirão, o camisa 12 diz que o saldo do trabalho é positivo.

O goleiro lembra que o trabalho de remontagem da Seleção para o Mundial começou recentemente e, mesmo com o tempo curto, boa parte do atual elenco conquistou a Copa das Confederações em 2013.

- O que nós fizemos, jogar uma semifinal no Brasil, foi algo incrível. É um grupo que foi montado em um ano e meio e sofreu com a troca de treinador. Temos ressaltar as coisas boas e não as coisas ruins. Fizemos coisas maravilhosas, ganhando uma Copa das Confederações em casa e vencendo praticamente todos os amistosos desde a chegada de Felipão - defendeu Julio Cesar.

O camisa 12 ainda lembra que parte dos jovens que disputaram a Copa terão continuidade na sequência do trabalho e poderão buscar o hexacampeonato daqui quatro anos.

- Temos jovens que jogaram a primeira Copa no Brasil. Aqueles que continuarem na Seleção vão ter a oportunidade de fazer uma ótima Copa na Rússia - comentou.