icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/06/2014
14:44

Osvaldo deu sua nona assitência na temporada na vitória do São Paulo sobre o Atlético-MG, por 2 a 1, no último sábado. Quem pensa que Muricy Ramalho rasgou elogios ao jogador após a partida está enganado. O técnico tricolor disse que cobra mais regularidade do camisa 17 e que o que o atacante fez no duelo era a sua obrigação.

- A gente está cobrando dele mais regularidade. Ele não pode ter mais altos e baixos. Não pode jogar bem contra o Furação e vir ser mais ou menos contra o Atlético-MG. Tinha que ser parecido ou mais. Só elogiar não adianta. Ele tinha uma oportunidade boa porque o marcador ia ter dificuldade por ser improvisado. É obrigação. Todo dia tem que trabalhar melhor - disse Muricy sobre o jogador.

São Paulo luta até o fim e vence Atlético-MG

O técnico algumas vezes optou por sacar Osvaldo da equipe titular neste ano. Isso fez com que a vaga do jogador no time não fosse certa, ainda mais com a chegada de Alan Kardec para a disputa na posição. 

Com a vitória sobre o Galo, o São Paulo vai para a paralisação do Campeonato Brasileiro com 16 pontos somados na tabela da competição. Apesar de comemorar o triunfo, Osvaldo enfatizou que o objetivo inicial do Tricolor, que era ir à pausa para a Copa do Mundo com 18 pontos, não foi cumprido.

- Recuamos e deixamos a equipe deles jogar. O importante é que Deus nos abençoou com o gol do Pabon. O objetivo era terminar (a nona rodada) com 18 pontos, mas nossa equipe fez por merecer e vencemos o jogo - disse.