icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2013
12:40

Apesar de não viver o melhor de seus momentos com a camisa do Botafogo, o meia Seedorf segue deixando os companheiros na cara do gol. Tanto que o camisa 10 alvinegro é o líder de assistências do Campeonato Brasileiro, ao lado do argentino D’Alessandro, do Internacional, e Everton Ribeiro, do Cruzeiro, todos com oito assistências na competição, segundo os números da parceria LANCE!/Footstats.

Dos três líderes em assistências na competição, o holandês foi quem menos atuou, com 27 partidas das 31 disputadas pelo Botafogo. Em seguida vem o meia do Colorado, que jogou 28 partidas. Por último, o armador do Cruzeiro, que esteve presente em 30 dos 31 jogos da Raposa.

Além das oito assistências, o camisa 10 já balançou as redes em seis oportunidades na competição. O artilheiro da equipe é Rafael Marques, com dez, seguido de Elias, com sete gols.

APESAR DOS GOLS, SEEDORF VIVEU LONGA `SECA´

Com 13 gols na temporada, Seedorf vive seu melhor ano na história em relação a gols marcados. A fase artilheira pode ser explicada pela função que exerce em campo, quase atuando como um segundo atacante por diversas vezes. Na Europa, dez gols foi o máximo que conseguiu fazer em uma temporada, em 2006/2007 e 2007/2008, com a camisa do Milan (ITA). Contudo, pelo clube italiano, Seedorf atuava com um verdadeiro meia, sem tanta presença no ataque. Antes disso, pelo Ajax (HOL) e pelo Real Madrid (ESP), por exemplo, ele jogava como volante, sua posição de origem.

Mesmo fazendo muitos gols neste ano, os números do apoiador poderiam ser melhores, já que viveu uma longa seca de 13 partidas durante a temporada. Seedorf quebrou o jejum de 13 jogos sem balançar as redes na partida contra o Náutico, na Arena Pernambuco, pela 27 rodada do Campeonato Brasileiro, com um lindo chute de fora da área, sem chances para Ricardo Berna.