icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes
16/11/2013
19:12

Ao contrário do confronto diante do Grêmio no primeiro turno, o Flamengo não exercerá a opção de pagar para ter o atacante Marcelo Moreno em campo neste domingo, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. Pesaram para a decisão não só o custo – R$ 300 mil conforme estipulado no contrato – como também o fato de o camisa 19 ser reserva.

O clube gaúcho até ofereceu novamente a possibilidade de o Rubro-Negro exercer a brecha prevista no acordo de empréstimo e abater o valor da dívida do Tricolor com o Fla que envolve Rodrigo Mendes – a pendência é de aproximadamente R$ 10 milhões.

O Flamengo, por sua vez, agradeceu e manteve a posição já definida na sexta-feira, quando Moreno não participou do treino com o time reserva que será escalado por Jayme de Almeida.

– O Flamengo não exercerá a opção e o jogador não atuará – avisou Paulo Pelaipe, diretor executivo de futebol do Fla.

Os R$ 300 mil que teriam de ter sido desembolsados pelo clube para o jogo do turno, em Brasília, na verdade ainda não foi pago. Os presidentes do clube, Fábio Koff e Eduardo Bandeira de Mello, ainda terão de acertar como o montante será pago. É certo que o Fla usará o crédito para quitar a pendência.