icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/11/2013
09:41

Apesar de ter balançado as redes adversárias em jogadas oriundas de bola parada, o Botafogo também tem sofrido gols do mesmo fundamento. Dos últimos três tentos que a equipe levou, dois foram desta maneira: um a partir de uma falta, no empate com o São Paulo, e outro num escanteio – na derrota sofrida para o Internacional.

Para o zagueiro Bolívar, o time precisa ter mais atenção nas próximas partidas.

– Ficamos muito chateados. Nas vésperas dos jogos, trabalhamos muito essas jogadas. Temos de estar atentos para isso não acontecer novamente – disse o defensor.

Uma das principais características do time alvinegro - a bola parada - se deve a boa presença dos zagueiros e atacantes na grande área adversária. Vale lembrar que à elevada média de altura da equipe do Botafogo ajuda na concretização destas jogados. A média de altura dos jogadores alvinegros é de 1,81 metro.

O atacante Rafael Marques – que escorou o cruzamento de Seedorf para Elias marcar o gol de empate contra o São Paulo, domingo – é o maior da atual equipe titular, com 1,90m. O menor é o volante Gabriel, com 1,72m.