icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/03/2014
00:44

O empate do Cruzeiro com o Defensor Sporting (URU), em pleno no Mineirão, faz com que o atual campeão brasileiro tenha que cultivar o sentimento da esperança. Este, pelo menos, é o pensamento de Júlio Baptista. Ao término do jogo, o autor de um dos gols da equipe na igualdade falou sobre a situação.

Confiante, o meia-atacante explica que crê em uma classificação da Raposa para as oitavas de final. O time precisa vencer os dois compromissos restantes e torcer por tropeços dos uruguaios e da Universidad de Chile.

– Os placares de 2 a 0 e de 2 a 1 são enganosos. Você acha que está com o controle do jogo e acaba tomando um empate ou uma virada. Mas a gente tem esperança. Acho que dá para fazer e dá para virar – declarou.

Embora lamente o resultado no Gigante da Pampulha, o camisa 10 crê que o Cruzeiro fez uma boa partida.

– Nós jogamos bem. Faltou um pouco na parte final. Faltavam quatro minutos, hora do time se posicionar bem atrás. Numa bola que eles saíram jogando, eles foram bem e fizeram o gol – disse o apoiador, que ainda completou:

– Nós demos tudo. Infelizmente, competição de Libertadores se decide por detalhes.

Júlio Baptista, autor de um belíssimo gol no segundo tempo da partida, foi o único a conversar com os órgãos de imprensa. Os demais atletas deixaram o campo rapidamente e evitaram as explicações sobre o revés para o time de Montevidéu.