icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/11/2013
10:50

A seis rodadas do término do Brasileirão, o Santos ainda sonha com uma vaga na Libertadores. Com a derrota para o líder Cruzeiro por 1 a 0, neste domingo, na Vila Belmiro, o Peixe permaneceu com 44 pontos e se distanciou ainda mais do Botafogo, primeiro time do G4, com 53 pontos. Apesar da dificuldade, o técnico Claudinei Oliveira não descarta a possibilidade de classificação para a competição sul-americana.

- Jogar a toalha, nunca. Tenho que fazer cinco vitórias, são seis jogos e nada impede que vencemos até os seis jogos – destacou o treinador do Alvinegro, em entrevista coletiva após a derrota contra o time mineiro.

A missão do Santos, contudo, pode ser facilitada caso Atlético-PR ou Grêmio, ambos entre os quatro primeiros times do Brasileirão, conquistem a Copa do Brasil. A nova vaga para a Libertadores, porém, não será aberta caso o campeão da Sul-Americana seja brasileiro.

Nos últimos seis jogos, o Santos terá pela frente Vasco, Bahia, Vitória, Fluminense, Atlético-PR e Goiás. Destas partidas, duas serão disputadas na Vila Belmiro, uma no Pacaembu – contra o Bahia – e as demais terão mando dos adversários do Peixe.