icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
27/02/2015
14:10

Na última quinta-feira, o Avaí fez o duelo direto entre os últimos colocados do Catarinense, e empatou em 2 a 2 com o Guarani de Palhoça. Com o resultado, o Leão da Ilha subiu uma posição na tabela, passando a ocupar a 8ª colocação, com 6 pontos somados.

O atacante André Lima marcou um dos gols do Avaí em Palhoça, o seu primeiro tento pelo Leão da Ilha, mas apesar da alegria de marcar, o jogador deixou o campo desapontado com o empate, projetando o próximo confronto.

- Infelizmente não aconteceu o que queríamos, que era a vitória. A gente sabe que está devendo e que o Avaí não merece estar nessa situação. Nossos torcedor não merece isso. Mas agora temos um clássico, que por si só já se motiva. O apoio da nossa torcida será muito importante. E nós temos que mostrar dentro de campo, e a torcida na arquibancada, quem é o Avaí. E a obrigação é a mesma de qualquer jogo, sempre é vencer.

No domingo, o Avaí recebe o Figueirense na Ressacada, o primeiro clássico de Florianópolis em 2015 e da carreira de André Lima. Vivendo a expectativa de enfrentar o Figueira, o atacante revela que o meia Marquinhos já lhe contou muitas histórias sobre o clássico.

- Conheço muito do clássico pelo que Marquinhos fala. Mas não tem o que é falar, é clássico. Se resolve naquele algo a mais, no detalhe. E a torcida também é esse algo a mais, nosso 12° jogador. Esperamos estar em um bom dia para fazer um bom jogo. E que dentro de tudo isso que está acontecendo a gente possa dar uma alegria para a nossa torcida.

Figueirense e Avaí entram em campo neste domingo, às 16h da tarde, em duelo válido pela oitava rodada do Campeonato Catarinense.