icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/04/2014
10:58

Aos 36 anos, Cristiano Marcello decidiu pendurar as luvas e se aposentou do MMA. O veterano, que estava no Ultimate, também teve passagem pelo PRIDE. Em entrevista ao site americano "MMA Fighting", o brasileiro revelou a decisão de parar de lutar e comentou que vai se dedicar ao que sempre foi sua prioridade: treinar lutadores.

- Vou ser honesto, sempre fui treinador antes de me tornar lutador. Sempre quis ajudar os atletas da Chute Boxe a serem quem eles são e torná-los campeões do PRIDE. Minha carreira como lutador sempre ficou em segundo plano. Colocava meus atletas primeiro, e mesmo assim fiz 19 lutas como profissional nos maiores eventos do mundo, mas meu foco agora é construir meu legado na CM System - comentou o brasileiro, que comanda a academia CM System, em Curitiba.

Em suas duas últimas exibições pelo Ultimate, Cristiano amargou duas derrotas consecutivas pela primeira vez em sua carreira. O atleta comentou que não estava conseguindo manter 100% do foco e, devido ao nível de competitividade do Ultimate, ele decidiu abandonar o esporte.

- Nunca consegui ficar 100% focado na minha carreira de lutador e agora é a hora de me aposentar. Você precisa saber quando chega a hora de parar. O UFC não é o lugar em que você pode lutar sem estar 100% focado. Minha cabeça sempre estava na CM System ao mesmo tempo em que eu tinha que me preparar para as lutas no UFC. Quero ser o melhor técnico do mundo. Quero fazer a CM System a melhor academia do mundo - completou o brasileiro.

Ao todo, Cristiano Marcello realizou 19 lutas como lutador profissional de MMA. O brasileiro, que estreou no mundo das artes marciais mistas em 1998, possui um cartel de 13 vitórias e seis derrotas na carreira.