icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/07/2013
19:09

Antônio Lopes pôs fim à especulação de que poderia voltar a exercer a função de técnico no Atlético-PR com a demissão de Ricardo Drubscky na última segunda-feira. Ele garantiu que seguirá atuando como diretor de futebol do clube rubro-negro.

- Eu me aposentei como treinador de futebol. Tenho mais de quarenta anos dentro do futebol (como jogador, preparador físico, auxiliar técnico e técnico) e me preparei durante todo ao ano de 2012 fazendo diversos cursos teóricos específicos para a função que estou exercendo no momento. Não irei assumir como treinador nem de maneira interina, pois estou muito bem resolvido em relação à esta questão e sei que posso ajudar por muitos anos com minha experiência nesta nova função - disse o treinador, comentando a atual fase do Furacão:

- Estamos todos no clube lutando bastante. Sabemos que teremos um ano de sacrifícios pela frente, principalmente devido à finalização das obras de nosso estádio e temos plena consciência de que estas dificuldades serão recompensadas a partir do ano que vem com o primeiro passo de nosso projeto sendo encerrado e que o Atlético partirá para ser um dos maiores clubes do Continente.

E MAIS:
> Antônio Lopes busca técnico 'top' para assumir o Atlético-PR
> Djalma Santos tem queda do nível de consciência e respira com ajuda de aparelho

Antônio Lopes pôs fim à especulação de que poderia voltar a exercer a função de técnico no Atlético-PR com a demissão de Ricardo Drubscky na última segunda-feira. Ele garantiu que seguirá atuando como diretor de futebol do clube rubro-negro.

- Eu me aposentei como treinador de futebol. Tenho mais de quarenta anos dentro do futebol (como jogador, preparador físico, auxiliar técnico e técnico) e me preparei durante todo ao ano de 2012 fazendo diversos cursos teóricos específicos para a função que estou exercendo no momento. Não irei assumir como treinador nem de maneira interina, pois estou muito bem resolvido em relação à esta questão e sei que posso ajudar por muitos anos com minha experiência nesta nova função - disse o treinador, comentando a atual fase do Furacão:

- Estamos todos no clube lutando bastante. Sabemos que teremos um ano de sacrifícios pela frente, principalmente devido à finalização das obras de nosso estádio e temos plena consciência de que estas dificuldades serão recompensadas a partir do ano que vem com o primeiro passo de nosso projeto sendo encerrado e que o Atlético partirá para ser um dos maiores clubes do Continente.

E MAIS:
> Antônio Lopes busca técnico 'top' para assumir o Atlético-PR
> Djalma Santos tem queda do nível de consciência e respira com ajuda de aparelho