icons.title signature.placeholder Russel Dias
02/07/2014
09:02

Além do desejo de se reforçar passar pelo Chile, a esperança em lucrar com a vende de seus jogadores também está no país sul-americano, pois o Santos ainda não desistiu do atacante Vargas, que foi titular na Copa do Mundo.

Apesar do Napoli (ITA), clube que detém os direitos do jogador, não querer ouvir o Peixe agora, a diretoria santista acredita que os italianos não devem conseguir vendê-lo e portanto aceitariam um empréstimo até o fim da janela europeia, no dia 20 de julho.

Também na seleção chilena, a diretoria apostou em um bom desempenho do lateral-esquerdo Mena, para atrair os olhares do mercado europeu e lucrar com o jogador. Apesar de ainda não ter recebido nenhuma oferta pelo defensor, o Santos tem o mesmo prazo para vender o camisa 3, caso queira faturar no mercado da Europa.


Os gastos do Santos com o lateral foram de um total de 3,5 milhões de dólares pagos em duas parcelas à Universidad do Chile.

Acreditando nisto, recentemente o Peixe renovou com o lateral-esquerdo Emerson Palmieri até dezembro de 2018. Além destes dois, o técnico Oswaldo de Oliveira tem para a posição o garoto Zé Carlos, promovido da base neste ano.