icons.title signature.placeholder Luis Fernando Coutinho
09/02/2015
10:34

Embora ainda não tenha sido anunciado oficialmente, Anthony Johnson deve ganhar a chance de disputar o cinturao meio-pesado do UFC contra o atual campeão Jon Jones em maio, pelo UFC 187, em Las Vegas (EUA). O americano se reuniu com membros da imprensa nos bastidores do UFC 183, que contou com a vitória de Anderson Silva contra Nick Diaz, e comentou sua expectativa para o confronto com o dono do cinturão.

Após atropelar Alexander Gustafsson por nocaute no primeiro round da luta principal do UFC Suécia, que aconteceu no último dia 24 de janeiro, "Rumble" disse que espera que Jones aceite a trocação de pé, sua especialidade.

- Na verdade sabia que tinha de nocautear Gustafsson ou machucá-lo para ganhar a chance pelo título. Mas não sabia que seria rápido assim. Tiro meu chapéu a ele, é um grande guerreiro. Acho que Jones vai tentar (encarar sua trocação). Ele é como GSP. Se você é bom em algo, ele definitivamente tentará ser melhor do que você é naquilo. Eu dou boas-vindas a ele fazer isso. Estou de acordo com isso. É mais empolgante para os fãs - avaliou.

Johnson nocauteou Gustafsson em evento na Suécia (FOTO: UFC)

O lutador ainda avaliou o caso de Jon Jones, que testou positivo para o uso de cocaína em teste surpresa realizado antes do UFC 182, que aconteceu no dia 3 de janeiro, em Las Vegas (EUA). 

- Ele é humano, todos cometemos erros. Esse mundo é louco. Todo mundo te bate quando você está no chão, ninguém te dá a mão. As pessoas tem por costume ser alimentadas por drama. Só quero saber quem nessa sala é perfeito. Me mostre alguém perfeito, adoraria conhecer essa pessoa. Ninguém é perfeito - ponderou.