icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/04/2014
00:40

O card principal do UFC 172, que aconteceu neste sábado, em Baltimore (EUA), contou com uma luta decisiva para a categoria dos meio-pesados. No duelo entre Phil Davis e Anthony Jhonson, melhor para o segundo. No confronto que marcou seu retorno ao Ultimate após dois anos fora, o americano superou o número quatro do ranking na decisão unânime dos juízes.

Ligado nas defesas de quedas, Johnson soube se proteger do jogo de wrestling de Davis e usar de sua poderosa trocação para alcançar sua sétima vitória consecutiva. O triunfo o coloca em boa posição na divisão.

- Treinei muito para essa luta. Minha equipe me apoiou. Se não fossem eles, eu nem estaria aqui. Dana White, obrigado pelo que você fez. Aplausos para ele, pois ele me mudou. Anthony Johnson está de volta! - declarou o atleta, ainda no octógono.

A LUTA
1º round
A luta começou estudada. Enquanto Johnson cercava o oponente, Davis se movimentava para buscar a oportunidade de impôr sua luta agarrada. Nos primeiros dois minutos Anthony defendeu bem as tentativas de quedas de seu adversario e chegou a abalar Phil com alguns golpes conectados. Com o domínio do centro do octógono, Johnson foi o melhor na primeira etapa.

2º round
A segunda etapa se iniciou com Davis menos afoito e aceitando mais a trocação, sempre se movimentando  e fugindo do raio de ação de Johnson. Mais confiante, Anthony acertou bons socos e mostrou boxe afiado ao usar bem suas esquivas. Assim como no primeiro round, no segundo Davis também não conseguiu usar seu wrestling e teve suas tentativas de quedas frustradas.

3º round
O último assalto prosseguiu com a trocação na luta em pé. Pior na disputa, Phil buscou mais uma vez a derrubada, mas Anthony defendeu bem a primeira tentativa. Na segunda, o máximo que Davis conseguiu foi prender a luta na grade, mas Anthony logo se livrou. O confronto se manteve na disputa de pé e Johnson sobressaiu com seu jogo de socos e chutes até o fim. 

Rockhold finaliza Boetsch no primeiro assalto
Após o nocaute sofrido contra Vitor Belfort, Rockhold deu mais uma demonstração de que está decidido a voltar ao topo da divisão dos médios. O americano não tomou conhecimento de Tim Boetsch e finalizou o adversário com um kimura ainda no primeiro round. Luke agora soma um nocaute e uma finalização em sequência. Após a vitória, o americano pediu uma revanche contra Vitor e disse que enfrentaria Michael Bisping para resolver "assuntos pessoais".

Confira os resultados do card principal

Luke Rockhold finalizou Tim Boestch com uma kimura no primeiro round
Jim Miller finalizou Yancy Medeiros com uma guilhotina no primeiro round
Max Holloway finalizou Andre Fili com uma guilhotina no terceiro round