icons.title signature.placeholder Alessandra Colturato e Bruno Uliana
icons.title signature.placeholder Alessandra Colturato e Bruno Uliana
04/07/2013
07:04


Dia 4 de julho de 2012. Pacaembu. Final da Libertadores. Com dois gols de Emerson Sheik, o Corinthians vence o Boca Juniors e conquista a competição mais desejada por seus torcedores. E mesmo 365 dias depois, o sonho parece não ter acabado.

O brilho nos olhos e o orgulho ainda podem ser percebidos claramente nos personagens daquela conquista. Cássio, um dos grandes pilares do título corintiano, é um dos que não conseguem deixar o sorriso de lado ao falar daquela marcante noite de quarta-feira.

– É legal demais relembrar. Não parece que passou um ano já, né? Mas eu sabia que ganharíamos aquela Libertadores quando chegamos ao estádio. Teve a defesa sobre o Diego Souza, o gol do Paulinho, o do Romarinho... Ela parecia destinada a nós – admite o goleiro.

O Corinthians foi campeão invicto da Libertadores de 2012 (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

O título levou o Timão à disputa do Mundial de Clubes, também vencido pelos comandados de Tite. Mas, nem mesmo o treinador alvinegro, ousa dizer que a conquista do Japão foi mais importante.

– Você vê as pessoas falando sobre a Libertadores com um orgulho tremendo, bonito. Parece uma página de um livro escrito há muito tempo. As histórias dos torcedores que fizeram de tudo para nos ver conseguindo esse título para eles são impressionantes – conta.

Ralf, um dos principais responsáveis pela conquista ter sido invicta, se orgulha do feito. Autor do gol na primeira partida contra o Deportivo Táchira, na Venezuela, aos 47 minutos do segundo tempo, o camisa 5 garante que, a partir dali, sabia que não perderia mais.

– Todos tentaram ganhar de nós, mas sabíamos que éramos imbatíveis. Até por isso a conquista invicta ganha mais importância.

A LANCE! TV preparou um especial sobre o título da Libertadores em três capítulos, explicando como se deu aquela conquista, qual foi o momento mais crítico e como a competição se tornou uma fábrica de heróis para a história do Timão. O primeiro capítulo você assiste já nesta quinta-feira.


Dia 4 de julho de 2012. Pacaembu. Final da Libertadores. Com dois gols de Emerson Sheik, o Corinthians vence o Boca Juniors e conquista a competição mais desejada por seus torcedores. E mesmo 365 dias depois, o sonho parece não ter acabado.

O brilho nos olhos e o orgulho ainda podem ser percebidos claramente nos personagens daquela conquista. Cássio, um dos grandes pilares do título corintiano, é um dos que não conseguem deixar o sorriso de lado ao falar daquela marcante noite de quarta-feira.

– É legal demais relembrar. Não parece que passou um ano já, né? Mas eu sabia que ganharíamos aquela Libertadores quando chegamos ao estádio. Teve a defesa sobre o Diego Souza, o gol do Paulinho, o do Romarinho... Ela parecia destinada a nós – admite o goleiro.

O Corinthians foi campeão invicto da Libertadores de 2012 (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

O título levou o Timão à disputa do Mundial de Clubes, também vencido pelos comandados de Tite. Mas, nem mesmo o treinador alvinegro, ousa dizer que a conquista do Japão foi mais importante.

– Você vê as pessoas falando sobre a Libertadores com um orgulho tremendo, bonito. Parece uma página de um livro escrito há muito tempo. As histórias dos torcedores que fizeram de tudo para nos ver conseguindo esse título para eles são impressionantes – conta.

Ralf, um dos principais responsáveis pela conquista ter sido invicta, se orgulha do feito. Autor do gol na primeira partida contra o Deportivo Táchira, na Venezuela, aos 47 minutos do segundo tempo, o camisa 5 garante que, a partir dali, sabia que não perderia mais.

– Todos tentaram ganhar de nós, mas sabíamos que éramos imbatíveis. Até por isso a conquista invicta ganha mais importância.

A LANCE! TV preparou um especial sobre o título da Libertadores em três capítulos, explicando como se deu aquela conquista, qual foi o momento mais crítico e como a competição se tornou uma fábrica de heróis para a história do Timão. O primeiro capítulo você assiste já nesta quinta-feira.