icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/11/2014
12:25

Nas suas últimas oito lutas pelo Ultimate, Rafael dos Anjos venceu sete e vem de recente nocaute sobre o ex-campeão dos leves Ben Henderson. Mas parece que nada disso é suficiente para o brasileiro receber a chance pelo cinturão. Dessa maneira, cogita fazer uma mudança já para seu próximo compromisso, dia 13 de dezembro, contra o ameriano Nate Diaz.

A alteração que o atleta tupiniquim afirmou não é em seu jogo, mas sim na postura fora do octógono. O carioca, apesar de não concordar com isso, acredita que precisa se promover mais para chamar a atenção para si.

- Quero que me vejam pelas lutas que estou ganhando, mas acho que preciso chamar mais a atenção, me promovendo. Não sou desse jeito, mas sinto que preciso fazer isso, pois vejo gente com pouco tempo de UFC fazendo isso e ganhando mais destaque, como o Conor McGregor - disse, em entrevista ao programa "MMA Hour".

Com 16 combates pelo UFC, sendo 11 vitórias e cinco reveses, Dos Anjos afirma que não dão valor a sua história na organização. Porém, não se abala e segue em busca do título da divisão.

- Estou no UFC há seis anos, mas acho que não me dão o valor que mereço. Ganho minhas lutas e quero chegar para ganhar meu cinturão. Meu desejo é esse e vou continuar atrás disso - completou.