icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/07/2013
07:53

Um jogo há exatos oito anos foi fundamental para que Paulo Autuori faça neste domingo a sua reestreia pelo São Paulo. Foi em 14 de julho de 2005, que o Tricolor sob o comando do treinador sagrou-se tricampeão da Libertadores da América. Nesta tarde, em Salvador, contra o Vitória, às 16h, a história recomeça.

Não fosse aquela vitória por 4 a 0 sobre o Atlético-PR muita coisa seria diferente. Mas o que, de fato, mudou e não mudou em Autuori e no São Paulo nesses oito anos?

No LANCE!Digital você confere a diferença do início das duas passagens do treinador pelo clube, o que aconteceu no período em que as duas partes ficaram separadas, os elogios que Autuori recebe de profissionais do clube, além de outros detalhes.

Um jogo há exatos oito anos foi fundamental para que Paulo Autuori faça neste domingo a sua reestreia pelo São Paulo. Foi em 14 de julho de 2005, que o Tricolor sob o comando do treinador sagrou-se tricampeão da Libertadores da América. Nesta tarde, em Salvador, contra o Vitória, às 16h, a história recomeça.

Não fosse aquela vitória por 4 a 0 sobre o Atlético-PR muita coisa seria diferente. Mas o que, de fato, mudou e não mudou em Autuori e no São Paulo nesses oito anos?

No LANCE!Digital você confere a diferença do início das duas passagens do treinador pelo clube, o que aconteceu no período em que as duas partes ficaram separadas, os elogios que Autuori recebe de profissionais do clube, além de outros detalhes.