icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/11/2014
08:20

Para ser ídolo no Flamengo não basta ser craque, é necessário sentir a camisa como uma segunda pele. Alguns transcenderam isso associando um grande futebol ao sentimento e devoção pelo clube. Nestes casos, eles não foram apenas ídolos. Alcançaram o patamar de monstros sagrados da identidade rubro-negra e souberam mais do que ninguém encarnar o espírito flamenguista. A lista de ídolos é enorme. Mas vamos lembrar sete deles do inventor da bicicleta, Leônidas da Silva, ao gringo Pet, passando pelo ídolo de infância do Rei Pelé e pelo maior time do Fla em todos os tempos. Eles fizeram o Fla ser o "Mais Querido do Brasil".

LEÔNIDAS DA SILVA:

Leônidas foi um dos grandes ídolos do futebol rubro-negro e brasileiro (Foto: Arquivo LANCE!)

O primeiro grande ídolo de massa do Flamengo. Lêonidas da Silva foi artilheiro dos Cariocas de 1938 e 1940. Conduziu o Rubro-Negro na conquista do estadual de 1939. Fez 153 gols em 149 jogos pelo Fla.

ZIZINHO:

Zizinho foi ídolo do maior jogador de todos os tempos, Pelé (Foto: Arquivo LANCE!)

Zizinho foi o melhor jogador brasileiro dos anos 1940. Conhecido como “Mestre Ziza”, era o ídolo de um menino de Bauru apelidado Pelé. Vestiu o Manto por 11 anos e participou do tri carioca de 42, 43 e 44.

LEANDRO:

Leandro é um dos melhores laterais da história do futebol brasileiro (Foto: Arquivo LANCE!)

Leandro é o grande lateral-direito da história do Flamengo. Chegou ao clube em 1976, mas se firmou mesmo a partir de 1981 durante a conquista da Copa Libertadores.

ZICO:

Zico, o Deus rubro-negro, em uma de suas especialidades: cobrança de falta (Foto: Arquivo LANCE!)

Zico é o maior jogador da história rubro-negra, maior artilheiro do clube, com 508 gols, e dono eterno da camisa 10. Conquistou o Brasileirão quatro vezes, além da Libertadores e do Mundial Interclubes.

ADÍLIO:

Adílio foi um dos craques do meio de campo do Flamengo nos anos 80 (Foto: Arquivo LANCE!)

Adílio. Meia direita clássico. Cria do Flamengo, como Leandro, Junior e Zico, e um dos expoentes do super time da década de 1980.

JÚNIOR:

Júnior é símbolo de amor ao Fla, e comandou o time no Brasileiro de 92 (Foto: Arquivo LANCE!)

Se na lateral-direita o Flamengo tinha Leandro nos anos 80, na esquerda o dono da posição era Júnior. É o recordista de jogos oficiais pelo clube, com 857. Foi campeão brasileiro em 1992, em sua segunda passagem.

PETKOVIC:

Petkovic ganhou a Nação com gols importantes e títulos de peso (Foto: Arquivo LANCE!)

Petkovic é o grande ídolo recente dos rubro-negros. Autor do gol que garantiu o tri carioca, em 2001, o meia sérvio voltou em 2009 para conduzir o Flamengo na surpreendente conquista do Brasileiro.