icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/02/2015
21:57

O trauma da eliminação na fase preliminar da Libertadores de 2011 persegue o Corinthians e seus torcedores até hoje. Na última segunda-feira, quando completou-se quatro anos da vitória do modesto Tolima que tirou o Timão antes mesmo da entrada na fase de grupos do torneio, o assunto foi um dos mais comentados na internet. Agora, para evitar tragédia semelhante, a equipe do técnico Tite põe à prova sua força nesta quarta-feira, novamente pela primeira fase da Libertadores. O adversário do duelo às 22h, na Arena Corinthians, é o forte Once Caldas, campeão da edição de 2004.

Em sua 12ª participação na Libertadores, o Corinthians estreará em torneios internacionais sua moderna arena localizada no bairro de Itaquera, Zona Leste de São Paulo. Pesa a favor o bom histórico do clube como anfitrião na Libertadores: no Pacaembu foram 37 jogos válidos pela competição continental, e o Timão venceu 30 vezes, contra apenas quatro empates e três derrotas.

De volta ao comando do Corinthians mais de dois anos depois de faturar uma Libertadores de maneira invicta, Tite confia na força do estádio e da torcida corintiana em mais uma estreia.

- A acústica é muito forte. O estádio do Corinthians é do Corinthians, a sua história está ali. O Pacaembu era alugado. Lá dentro a bola corre pra caramba, desliza, isso é bom para aumentar a velocidade do jogo. E a torcida é fundamental, porque aquele carinho, aquele amor que emana de fora é sentido por quem está dentro. A torcida puxa essa força que todos nós precisamos - diz Tite, repatriado em 2015 para tentar o bicampeonato da Libertadores.

Em campo, Tite não contará com Lodeiro, que fez toda a pré-temporada treinando como titular do Corinthians, mas está prestes a ser negociado com o Boca Juniors e não foi nem sequer inscrito na Libertadores. O titular será Jadson. Outra dúvida do treinador foi desfeita com o aval da comissão técnica para apenas 45 minutos de Edu Dracena em campo. Assim, Felipe terá que ser o titular na estreia corintiana na Libertadores.

Visitante nesta quarta-feira, o Once Caldas chegou ao Brasil na última segunda-feira e treinou nos CTs do Palmeiras e do São Paulo, rivais do Timão na capital. A equipe, que ganhou um raio-x do espião corintiano Mauro da Silva, considera o compromisso diante dos brasileiros como uma "final", e tem como destaque o meia Arango e o atacante Penco, referência na área. O jogador mais conhecido, no entanto, é o goleiro Henao, de 43 anos. Campeão da Libertadores de 2004, o goleiro chegou a vestir a camisa do Santos na temporada seguinte.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS x ONCE CALDAS

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 4 de fevereiro de 2015, às 22h
Árbitro: Patricio Loustau (Argentina)
Assistentes: Gustavo Rossi e Ivan Nuñez (ambos da Argentina)

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias, Jadson e Renato Augusto; Emerson Sheik e Guerrero. Técnico: Tite.

ONCE CALDAS: Cuadrado, Piedrahita, Camilo Pérez, Jonathan Lopera e Murillo; Jaime Sierra, Harrison Henao, Balanta, Valoy e Arango; Penco. Técnico: Flabio Torres