icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/07/2013
17:50

O técnico Carlo Ancelotti parece estar disposto a recuperar Kaká e fazer o brasileiro voltar a mostrar o futebol da época do Milan, que o tornou no Melhor Jogador do Mundo de 2007. Durante a primeira atividade do italiano, que o comandou no Rossonero com sucesso, os dois tiveram uma longa conversa, no que já está sendo chamado pela imprensa espanhola de "terapia particular".

Ancelotti quer aproveitar da confiança que existe entre os dois desde a época da Itália. Ao pé do ouvido, eles tiveram uma conversa franca, em que o brasileiro teria dito que se sentiu boicotado por José Mourinho, antecessor do ex-técnico do Paris Saint-Germain.

Até mesmo o novo auxiliar de Ancelotti, o ex-jogador Zinedine Zidane, ficou um tempo ao lado do brasileiro no primeiro treino do time.

Em sua primeira entrevista coletiva como técnico do Real Madrid, Ancelotti disse que confiava em Kaká, e que seu sucesso no clube dependeria apenas do próprio.

O técnico Carlo Ancelotti parece estar disposto a recuperar Kaká e fazer o brasileiro voltar a mostrar o futebol da época do Milan, que o tornou no Melhor Jogador do Mundo de 2007. Durante a primeira atividade do italiano, que o comandou no Rossonero com sucesso, os dois tiveram uma longa conversa, no que já está sendo chamado pela imprensa espanhola de "terapia particular".

Ancelotti quer aproveitar da confiança que existe entre os dois desde a época da Itália. Ao pé do ouvido, eles tiveram uma conversa franca, em que o brasileiro teria dito que se sentiu boicotado por José Mourinho, antecessor do ex-técnico do Paris Saint-Germain.

Até mesmo o novo auxiliar de Ancelotti, o ex-jogador Zinedine Zidane, ficou um tempo ao lado do brasileiro no primeiro treino do time.

Em sua primeira entrevista coletiva como técnico do Real Madrid, Ancelotti disse que confiava em Kaká, e que seu sucesso no clube dependeria apenas do próprio.