icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/02/2015
16:31

A primeira sessão de treinos da pré-temporada da Fórmula 1 em Jerez de la Frontera terminou nesta quarta-feira com poucas certezas e muitas dúvidas no ar. Mas algumas pistas do que pode ser o campeonato deste ano apareceram nos últimos quatro dias.

Em termos de performance, a Ferrari mostrou que pode incomodar a soberana Mercedes até o fim do ano. As gigantes McLaren e Red Bull, por outro lado, encerraram a semana como as principais decepções, devido aos problemas mecânicos encontrados. Entre as surpresas, a Sauber se destacou, ao ficar entre as primeiras.

De qualquer forma, muita água ainda vai rolar na pré-temporada. Os próximos treinos serão em Barcelona (ESP), entre os dias 19 e 22 deste mês.

Confira abaixo uma análise de cada time nos treinos em Jerez, e estatísticas dos treinos.

Kimi Raikkonen fez elogios ao carro da Ferrari (Foto: AFP)

Ferrari
Foi a equipe mais rápida em Jerez de la Frontera. Somente seus dois pilotos (Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen) andaram na casa de 1m20s. E o novo carro ganhou elogios de Raikkonen. Os italianos mostram que podem dar trabalho em 2015, ao contrário do ano passado.

Mercedes
Os atuais campeões não encantaram com voltas rápidas nestes últimos dias, mas foram de longe os que mais adquiriram quilometragem, algo importante para a escuderia conhecer melhor o carro, suas reações em ritmo de corrida, verificar componentes e peças, etc. Deve manter a qualidade do trabalho realizado em 2014.

Sauber
Empurrado pelo promissor motor da Ferrari, o time do brasileiro Felipe Nasr foi uma das surpresas positivas, pois ainda paira uma desconfiança sobre o que a escuderia pode fazer em 2015. Os suíços estão com dificuldades financeiras, mas aparentemente fizeram um carro razoável para esta temporada. Nos quatro treinos em Jerez, ficaram em segundo lugar três vezes, e lideraram a sessão de terça-feira, com Nasr. Além disso, escuderia foi a segunda que mais voltas completou. Mas ainda é cedo para qualquer empolgação exarcebada.

Felipe Nasr liderou treino realizado na terça-feira e causou boa impressão (Foto: Divulgação/Sauber)

Williams
O time de Felipe Massa foi apenas discreto nos primeiros quatro dias de treinos oficiais da Fórmula 1. Os ingleses não estiveram entre as que mais rodaram na pista (quinto, com 278 voltas), e também não ficaram entre os mais rápidos (Massa foi o sétimo melhor piloto no consolidado da semana). O começo do ano talvez poderia ter sido melhor.

Toro Rosso
O time se destacou ao completar um bom número de voltas (353), mas não marcou tempos extraordinários. O que pode ser um complicador da escuderia em 2015 é a inexperiência de seus dois pilotos, os calouros Max Verstappen e Carlos Sainz Jr. Isto pode atrapalhar no desenvolvimento do bólido.

Lotus
A escuderia perdeu o primeiro dia de testes em Jerez de la Frontera, mas recuperou em parte o tempo perdido, ao completar 190 voltas em três dias. Sobre o desempenho em si, Pastor Maldonado e Romain Grosjean foram apenas discretos.

Red Bull
Foi um dos destaques negativos dos treinos na Espanha. O time não deu muitas voltas, teve problema no carro e ainda por cima fez um dos treinos sem parte da asa dianteira. Pode ser um problema passageiro para um dos times mais fortes do grid, mas o mundo da Fórmula 1 certamente deve ter estranhado a performance da equipe.

Red Bull participou dos treinos em Jerez com pintura diferente da que deve correr em 2015 (Foto: AFP)

McLaren
Foi a maior decepção em Jerez de la Frontera. O carro do time inglês mal saiu da garagem. A combinação entre o chassi, os novos motores Honda e os outros componentes ainda não resultaram em uma máquina capaz de impulsionar Fernando Alonso e Jenson Button em 2015. O melhor tempo do espanhol na semana foi 15 segundos pior do que o registrado por Kimi Raikkonen nesta quarta-feira.

Force India
A McLaren vive situação ruim, mas a Force India sequer participou dos treinos em Jerez. E indica ainda que pode participar da próxima sessão da pré-temporada com o carro do ano passado. A luz amarela já está ligada.

ESTATÍSTICAS DA PRÉ-TEMPORADA DA F-1 EM JEREZ

Voltas mais rápidas de cada piloto na semana
1º. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari): 1m20s841
2º. Sebastian Vettel  (ALE/Ferrari): 1m20s984
3º. Felipe Nasr (BRA/Sauber): 1m21s545
4º. Nico Rosberg (ALE/Mercedes): 1m21s982
5º. Marcus Ericsson (SUE/Sauber): 1m22s019
6º. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes): 1m22s172
7º. Felipe Massa (BRA/Williams): 1m22s276
8º. Valtteri Bottas (FIN/Williams): 1m22s319
9º. Max Verstappen (HOL/Toro Rosso): 1m22s553
10º. Pastor Maldonado (VEN/Lotus): 1m22s713
11º. Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso): 1m23s187
12º. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull): 1m23s338
13º. Romain Grosjean (FRA/Lotus): 1m23s802
14º. Daniil Kvyat (RUS/Red Bull): 1m23s975
15º. Jenson Button (GBR/McLaren): 1m27s660
16º. Fernando Alonso (ESP/McLaren): 1m35s553

Número de voltas dadas por cada equipe na semana
1º. Mercedes - 515
2º. Sauber - 383
3º. Toro Rosso - 353
4º. Ferrari - 348
5º. Williams - 278
6º. Lotus - 190
7º. Red Bull - 165
8º. McLaren - 79